BBB12: Com o mínimo de repercussão, “grande final” amarga a menor audiência de todas as edições

sexta-feira, 30 de março de 2012 Faça um comentário!

O “BBB” era considerado o mais bem sucedido reality show da TV brasileira, tanto em faturamento quanto em audiência. O formato comprado pela Rede Globo da holandesa Endemol surgiu em 2002 no Brasil após polêmicas em torno de sua exibição. Nos últimos anos, o programa amargou os mais baixos índices de audiência de sua história e vem perdendo definitivamente esse status.

 

DECADÊNCIA

A jornada decadente do programa teve início a partir da 6ª edição, onde a audiência do programa foi de 43 pontos. Apesar de números excelentes, teve menos audiência do que a anterior, que obteve 47 e até hoje, mantém o recorde positivo do programa. No “BBB 11”, a média geral se firmou como a pior até hoje. Foram pífios 25 pontos.

Na edição deste ano, o reality global tomou fôlego, ajudado principalmente pelas polêmicas ao longo de sua exibição. Fechou com 27 pontos de média e, manteve a tendência de recordes negativos. O “BBB 12” teve a pior audiência de uma final, em todos os tempos.

Ilustração: Blog 48 Horas

Na primeira edição, com Kleber Bambam vencedor, a final do Big Brother marcou 59 pontos na audiência. Já na final da sexta edição, vencida pela baiana Mara, o BBB marcou 51 pontos.

Em 2012 o número chega a ser constrangedor. A “grande final”, tradicionalmente exibida ás terças, foi transferida para uma quinta. A vitória do veterinário Fael marcou apenas 26 pontos. Número menor do que a média geral do programa.

 

OSTRACISMO

O forte apelo junto ao público fez que com que muitos anônimos recém saídos do programa, virassem celebridades instantâneas (os chamados ex-BBBs).

Curiosamente, na contramão do que se imagina, as últimas edições do reality provaram o equívoco, a fraca seleção de participantes e a ausência de grandes inovações. Nenhum sobreviveu na mídia por muito tempo depois do BBB. Hoje, com o mínimo de repercussão, o que se vê é participantes caindo em ostracismo antes de terminar a edição em que atua. Inimaginável em tempos atrás.

É cada vez menos telespectadores dando “aquela espiadinha”.

 


Os dados de audiência referem-se á medição da Grande São Paulo pelo IBOPE e equivalem á cerca de 58 mil domicílios.

2 comentários »

  • Anônimo said:  

    Progrrma lixo

  • Jus said:  

    Esse programa já deu o que tinha que dar! CHEGA!!!