, ,

A derrocada na audiência do BBB11

quinta-feira, 31 de março de 2011 Faça um comentário!

A direção bem que tentou. Trouxe polêmica e muita baixaria. Mas não adiantou.

Os índices de audiência da décima primeira edição do Big Brother Brasil mostram que o programa perdeu de vez o fôlego que vinha apresentando nos áureos tempos da febre reality show no país. Nunca antes na história do programa, uma edição registrou um índice tão baixo quanto a que foi apresentada em 2011.

 

   LADEIRA ABAIXO

BBB1 - Kléber Bambam e Vanessa na final; A Globo tinha motivos de comemoraçãoBBB11 - Daniel, Maria e Wesley na final; Edição com pior índice de audiência

Conforme já publicado aqui, em “Big Brother Brasil: Sem grande repercussão, programa mostra desgaste do formato”, nos últimos anos, por causa de formatos semelhantes ou pela falta de interesse mesmo, o que parecia um jogo ganho passou a ser dúvida na cabeça de muitos diretores. Com ótimos índices de audiência no início, o programa apresentado pelo jornalista Pedro Bial passou a figurar na programação de férias da Globo a partir de 2003, servindo de curinga na hora de abocanhar o público disperso nesse período, prendendo a atenção do telespectador e assim minimizando os efeitos negativos na programação nesses meses.

Os índices de audiência da 11ª edição do Big Brother Brasil não deixam dúvidas e revelam o desinteresse por parte do público no reality. Ao que parece, o leite azedou.

Para se ter uma idéia, a jornada decadente do programa tem início a partir da 6ª edição em 2006, onde a audiência do programa naquele ano foi de 43 pontos. Apesar de números excelentes, teve menos audiência do que a anterior, que obteve 47 e até hoje, mantém o recorde positivo do programa. Cada vez mais aumenta a certeza de que esses números ficarão definitivamente no passado. Com o final da 11ª edição, a média de audiência degringolou de vez e registrou “pífios” 25 pontos.

Confira abaixo a média de cada edição:

Os vencedores Kléber Bambam, Rodrigo Cowboy e DhominiOs vencedores Cida, Jean Wyllys e MaraOs vencedores Diego Alemão, Rafinha e Max Os últimos dois vencedores do BBB: Marcelo Dourado e Maria

 

   AUDIÊNCIA FINAL DAS 11 EDIÇÕES

Big Brother Brasil 1 (2002)                                                                  Vencedor: Kléber Bambam | Média final: 40 pontos

 

Big Brother Brasil 2 (2002)                                                                  Vencedor: Rodrigo Cowboy | Média final: 37 pontos

 

Big Brother Brasil 3 (2003)                                                                  Vencedor: Dhomini | Média final: 39 pontos

 

Big Brother Brasil 4 (2004)                                                                  Vencedor: Cida | Média final: 45 pontos

 

Big Brother Brasil 5 (2005)                                                                  Vencedor: Jean Wyllys | Média final: 47 pontos (Recorde positivo)

 

Big Brother Brasil 6 (2006)                                                                  Vencedor: Mara | Média final: 43 pontos

 

Big Brother Brasil 7 (2007)                                                                  Vencedor: Diego Gasques | Média final: 41 pontos

 

Big Brother Brasil 8 (2008)                                                                  Vencedor: Rafinha | Média final: 37 pontos

 

Big Brother Brasil 9 (2009)                                                                  Vencedor: Max | Média final: 32 pontos

 

Big Brother Brasil 10 (2010)                                                                  Vencedor: Marcelo Dourado | Média final: 31 pontos

 

Big Brother Brasil 11 (2011)                                                                  Vencedor: Maria | Média final: 25 pontos (Recorde negativo)

 

   FATURAMENTO

E poderia ter sido pior. Apesar dos péssimos índices na audiência, o Big Brother continua batendo recordes em faturamento. Na 11ª edição, o valor arrecadado foi de 380 milhões de reais, com mais de 20 marcas anunciando e patrocinando as provas do programa.

Fato esse que ainda mantém de pé o reality global, pelo menos até o próximo ano.

 

 

Créditos - FOTOS: Jaq Joner (BBB1, BBB3, BBB4), Renato Rocha (BBB2, BBB5), Kiko Cabral (BBB6, BBB7, BBB8), Frabrício Mota (BBB9), Fred Rozário (BBB10, BBB11).

Com informações divulgadas na grande imprensa.

 

Os dados de audiência contidos no texto referem-se á medição pesquisada na Grande São Paulo pelo IBOPE.
Equivalem á cerca de 60 mil domicílios no período anterior á 2011 e de 58 mil domicílios após o período.

3 comentários »

  • Mordomo Alfred said:  

    eu acho BBB um lixo desde a edição passada é impossível de assistir.

  • Brunelle said:  

    Eu até gosto de assistir o bbb mas quando sai as pessoas que são mais merecedoras do premio eu paro de assitir. Desde que saiu o Mauricio eu desisti depois que saiu o Rodrigão então, ai que eu não vi mesmo. A Maria ganhar foi a coisa mais ridicula do mundo, bbb pra mim acabou num assisto nunca mais. É tudo teatro!

  • Anônimo said:  

    Olá é a 3ª vez que li o teu blog e gostei muito!Espectacular Trabalho!
    Cumps