Globo prepara cobertura da Copa das Confederações 2013

quinta-feira, 13 de junho de 2013 Faça um comentário!

O próximo sábado, dia 15, marca a estreia da Copa das Confederações 2013. A preparação da Globo para a cobertura deste evento já dura mais de quatro meses e promete aliar dois pilares fundamentais: informação e tecnologia. Mais de 500 profissionais estão envolvidos nessa que será a maior cobertura feita pela Globo no evento. Inovações tecnológicas marcarão as transmissões da Globo na competição, o principal teste para a Copa do Mundo da FIFA de 2014.

Entre as novidades, está o uso de duas câmeras 4K, com definição quatro vezes maior que a das TV's HD, que serão usadas pela primeira vez na TV brasileira. Elas são capazes de gravar o campo todo durante os jogos da competição. A qualidade da imagem oferecida por essas câmeras é tão boa que pode ser aproximada para que os comentaristas possam avaliar todo e qualquer lance duvidoso, sem que a imagem seja afetada. Com ela, nenhum lance passará despercebido.

E as novidades não ficam por aí. Nos dias em que a Seleção Brasileira entrar em campo, a “Central da Copa” também entra no ar com muitas novidades. O jogo contra o Japão, do próximo sábado, é só o primeiro do Brasil na Copa das Confederações, mas o time da Globo já está escalado, aquecido e pronto para entrar em campo, seja dos estúdios, dos estádios ou de qualquer lugar do Brasil. Cerca de 190 profissionais da emissora acompanham cada passo da Seleção Brasileira pelo país, nos hotéis, nos treinos, antes e depois dos jogos ou com a torcida. Tino Marcos, Mauro Naves, Eric Faria, Abel Neto e Fernanda Gentil se revezam nesta cobertura dos jogadores brasileiros.

Outros 80 profissionais se deslocam para cobrir cada detalhe das outras sete seleções que disputam o torneio: da campeã do mundo Espanha aos jogadores amadores do Taiti. O time de repórteres escalado para essa missão é comandado por Renato Ribeiro (Nigéria), Carlos Gil (Itália), José Roberto Burnier (Uruguai), Pedro Bassan (Espanha), Guilherme Roseguini (Japão), Bruno Laurence (México) e Kiko Menezes (Taiti). Bem como a equipe que acompanhará a Seleção de Felipão, todos produzirão matérias para todos os telejornais de rede da Globo, além de quadros e séries especiais.

Foto: Divulgação/TV Globo

Neste sábado, dia 15, a Seleção Brasileira entra em campo para o jogo de abertura da competição, contra o Japão, que acontece no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. A equipe formada pelo narrador Galvão Bueno, pelos comentaristas Arnaldo Cézar Coelho e Walter Casagrande e pelos repórteres Tino Marcos e Mauro Naves ganha o reforço de Ronaldo Fenômeno, comentarista convidado da emissora para a Copa das Confederações. Ronaldo já chega com o aval de Galvão, que há mais de 30 anos comanda as transmissões da Seleção.

E é para Brasília também que embarcam alguns dos apresentadores do Jornalismo da Globo. Para acompanhar a expectativa da estreia da Seleção Brasileira, nesta sexta-feira, dia 14, William Bonner, Sandra Annenberg e Luis Ernesto Lacombe vão ancorar o “Jornal Nacional”, o “Jornal Hoje” e o “Bom Dia Brasil”, respectivamente, da capital do país.

 

Nos dias de jogo do Brasil na Copa das Confederações, a Globo coloca em campo a “Central da Copa”. Lançado com grande sucesso durante a Copa de 2010, o programa volta ao ar com muitas novidades. Os apresentadores Tiago Leifert e Alex Escobar comandam juntos a atração, ao vivo, que vai receber convidados especiais a cada edição e conta com vários recursos tecnológicos inovadores. Entre eles, a ‘Mesa Tática’, uma tela de projeções holográficas, que exibirá os jogadores virtuais em miniatura e ajudará os comentaristas a analisar e explicar as jogadas e o público a entender os esquemas táticos de cada time.

Foto: Divulgação/TV Globo

Por meio de outro recurso tecnológico, o “Campo Virtual”, o comentarista Caio Ribeiro volta a entrar em campo – desta vez virtualmente – para analisar jogadas específicas de dentro do campo. E, quando forem falar sobre a atuação de um jogador, este poderá aparecer virtualmente no estúdio em tamanho natural, já que os 23 convocados por Felipão foram literalmente escaneados, mapeados, pela equipe de arte da Globo.

A “Central da Copa” contará ainda com uma plateia de 30 convidados e com a participação dos telespectadores. Os comentários enviados por eles aparecerão virtualmente no estúdio quando acionados pelos apresentadores. Galvão Bueno e Ronaldo Fenômeno participarão da “Central” direto do hotel da Seleção. Eles receberão convidados no set montado no local e farão parte do bate-papo com os apresentadores e a plateia por meio de uma tela flexível, outro recurso inovador que estreará na Copa das Confederações.

 

Por conta da Copa das Confederações, o “Globo Esporte” está no ar com uma edição diferenciada. Até o dia 1º de julho, o programa será apresentado pela jornalista Cristiane Dias, em uma versão única, exibida para todo país. Ela ganha a companhia no estúdio dos apresentadores Alex Escobar e Tiago Leifert, titulares do programa no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente, que se revezam na função, formando dupla com Cristiane.

Foto: Divulgação/TV Globo

Além das matérias especiais, que vão ao ar durante a Copa das Confederações, o “Globo Esporte” exibe a série “Mala do GE”, em que repórteres da Globo visitam os países que participam da competição para testar os conhecimentos dos estrangeiros sobre o Brasil, incluindo clubes de futebol brasileiros e grandes ídolos esportivos do nosso país.

 

Todos os domingos do mês são datas especiais para o “Esporte Espetacular”. Por conta da Copa das Confederações, o programa exibe diversas séries especiais com temas que vão desde os voluntários da competição até uma análise científica sobre os momentos decisivos de uma partida no cérebro do jogador. À frente da série “Eu que Fiz”, o repórter Régis Rösing conta histórias curiosas de operários em cada um dos estádios que receberão os jogos da competição. Os apresentadores Glenda Kozlowski e Ivan Moré também vestiram a camisa da competição. No dia 30 de junho, quando acontece a final da Copa das Confederações, eles vão ancorar o programa direto do Maracanã, estádio que servirá de palco para a final do torneio.

 

Durante a competição, o Globoesporte.com acompanhará todos os lances que acontecerão dentro e fora do campo. O site exibirá ao vivo treinos da Seleção Brasileira e todos os jogos da competição, com direito a pré e pós jogo exclusivos para a internet. Durante o dia inteiro, o site levará ao torcedor a melhor cobertura com reportagens, fotos e vídeos. Uma equipe acompanhará todos os passos da Seleção, enquanto um repórter cobrirá sempre o adversário do Brasil. Haverá ainda equipes itinerantes que ficarão responsáveis por registrar o dia a dia de outras seleções importantes, como Uruguai, Itália e Espanha. Nas cidades-sede, a cobertura terá também o apoio das afiliadas da Globo e emissoras locais.

1 comentários »

  • Anônimo said:  

    cobertura??
    como assim, faustao no lugar de mexico e italia??? sem comentarios..